Redes Sociais

facebook linkedin twitter flickr tumblr






Formalização de processos licitatórios em geral

Postado em: Segunda-feira: Licitações, Blog por admin em 1 de agosto de 2011

Deve ser observado o fiel cumprimento do art. 38, caput e seus incisos, e art. 40, § 1º, da Lei nº 8.666, de 1993, relativos à regular autuação e constituição dos processos licitatórios, em especial quanto à numeração das folhas e aposição de rubrica imediatamente após a juntada dos documentos da licitação ao processo.
(Decisão TCU nº 955/2002 – Plenário)

Observe a necessidade de serem juntados aos processos administrativos a documentação – pareceres, estudos – que sirva de base a eventuais mudanças de projetos, no caso de obras e serviços, de modo que seja preservado o devido formalismo na execução de licitações e posteriores contratações, tendo em vista o disposto nos arts. 4º e 60, caput, da Lei nº 8.666/1993. (Acórdão TCU nº 93/2004 – Plenário)

Observe o correto sequenciamento das peças dos autos de processos e a devida numeração seqüencial da folhas (arts. 4º, parágrafo único, 38, caput e seus incisos, e 60, caput, da Lei 8.666/1993). (Acórdão TCU nº 1.257/2004 – Plenário)

Os instrumentos dos contratos, convênios e demais ajustes, bem como os respectivos aditivos, devem integrar um único processo administrativo, devidamente autuado em seqüência cronológica, numerado, rubricado, contendo cada volume os respectivos termos de abertura e encerramento. (Orientação Normativa AGU nº 12)

Quer aprender tudo sobre Licitações, Contratos Administrativos e ser um Pregoeiro certificado?

Be Sociable, Share!

Comentários

  1. Queria saber se existe algum curso sobre licitação e formação de pregoeiro no estado da Bahia.

      Resp.: Estamos avaliando a possibilidade de abrir um curso em Salvador no mês de julho.

      Comentário de Gilmara Cedraz em 6 de junho de 2012 às 16:13