Redes Sociais

facebook linkedin twitter forrst flickr tumblr

Siga-nos no Twitter







Presidente do TCE-CE se afasta após denúncia

Postado em: Blog, Sexta-feira: Aconteceu! por admin em 22 de julho de 2011

Esposa, filho e assessor de Teodorico Menezes presidiram associações que assinaram convênio para instalação de kit sanitários nunca construídos.

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Ceará, Teodorico Menezes, pediu afastamento do cargo na tarde desta quinta-feira (21), até que denúncias sobre associações presididas por filho, esposa e assessor dele sejam apuradas. Essas associações são suspeitas de desvio de recursos que deveriam ser aplicados na construção de banheiros públicos em municípios do interior do Ceará.

Os convênios com as associações para a construção de banheiros em comunidades carentes foram firmados por meio da Secretaria de Cidades do Estado do Ceará. Os recursos são do Fundo de Combate à Pobreza (Fecop). Todos os suspeitos de desviar recursos são ligados a Teodorico Menezes e fizeram doações para a campanha do deputado estadual Téo Menezes (PSDB), filho de Teodorico. Agora, o Ministério Público de Contas (MPC) e Controladoria Geral do Estado (CGE) anunciaram que vão apurar as possíveis irregularidades.

Teodorico Menezes é conselheiro do Tribunal de Contas do Estado desde 1999. Ele preside o órgão desde 2010. A corte é responsável por julgar as contas e fiscalizar os contratos do governo. Quando as denúncias vieram à tona por meio do jornal “O Povo”, Teodorico tirou férias. Agora, pressionando por novos indícios de irregularidade, o conselheiro resolveu se afastar das funções.

No dia 14 de julho o jornal revelou que a Associação Cultural de Pindoretama recebeu R$ 400 mil do Governo do Ceará para a construção de 200 kits sanitários, mas apenas três ficaram prontos. A presidenta da associação, Renata Pinheiro Guerra, ocupava cargo comissionado no TCE. Ela também responde a um processo na Justiça Eleitoral por ter feito uma doação acima do permitido para a campanha eleitoral do deputado Téo Menezes (PSDB), filho do presidente do TCE, Teodorico Menezes.

Antonísia Barreto de Menezes, esposa de Teodorico Menezes, presidiu, em 2008, uma associação no município de Pacajus que também foi contratada para a construção de 200 kits sanitários no valor de R$ 300 mil. Em 2010, foi a vez do filho Thiago Barreto Menezes presidir a mesma entidade e receber R$ 400 mil para a construção de mais 200 kits do mesmo tipo. O assessor do presidente do TCE, Antônio Carlos Gomes, presidia uma associação em Horizonte, município vizinho a Pacajus. Por mais 200 banheiros, a entidade recebeu R$ 400 mil. O deputado Téo Menezes recebeu doações em espécie de todos os envolvidos. Os convênios se repetiram com funcionários do TCE em Cascavel e Chorozinho.

Fonte: http://migre.me/5k3f9

Be Sociable, Share!